Home
Introdução
Artigos
Avivamento
Curiosidades
Estudos Bíblicos
Edificação
Igreja Pedra Viva
Jóias Raras
Minhas Reflexões
Ministério Cristão
Novas de Alegria
Seleções Notáveis
Fale Comigo
Recomende
teste
Minhas Reflexões
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar
Ministério
Pedro Liasch Filho

É perigoso ao ministro ter uma vida vazia, uma vez que se tornando infrutífera para a sua própria subsistência, certamente virá a extinguir-se. Daí, tornando-se inútil para o reino de Deus, poderá vir a ser excluído, pois caso não se arrependa, o Senhor lhe removerá do lugar o seu candelabro (Ap 2.5). A expressão remover o candelabro, significa que, se ele não se arrepender do pecado que está minando sua espiritualidade e seu ministério, e não voltar a produzir frutos espirituais para si e para o rebanho, a utilidade dele como anjo da igreja será removida. “Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca...” (Jo 15.6).

Ainda que os infiéis pastores de nossos dias nem se dão conta de que, perante o ministério cristão, ou no dia do juízo, todos deverão responder por suas pregações inúteis ou falsas que tiverem pregado, a Bíblia diz rigorosamente que por suas palavras eles serão condenados ou absolvidos (Mt 12.35-37). Paulo afirma que cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus (Rm 14.12). E mais: “... A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido” (Lc 12.48).

Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar